quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Prioridades

Um assunto me vem martelando a mente a dias. Minhas prioridades, desde sempre tracei metas e busquei cada uma delas (okay, abandonei algumas também).

Pela manhã olhei no espelho e me descobri no mínimo 12 anos mais velha. Foi como se o tempo tivesse congelado uma imagem que eu via repetidamente todos os dias, e de um dia para o outro liberasse cada sinal que estes anos me deixaram.
Refletindo sobre este espaço de tempo, pude perceber quantas vezes deixei minhas prioridades de lado para tentar um equilíbrio entre todas as áreas da minha vida. Em 12 anos de 28 da minha vida toda, aconteceram os principais fatos por mim vividos, tive um filho (de um amor prematuro), cursei uma Universidade (um orgulho, por ser a primeira em uma numerosa família), amei 3x (as únicas 3x), saí da casa dos meu pais, perdi uma grande amiga para a morte, aprendi que mesmo depois de sair de casa, continuaria dependendo dos meus pais por um bom tempo (aprendi a duras penas), tive que aprender a conviver com pessoas que diferente dos meus irmãos, eu nao poderia simplesmente "sair na porrada" quando mexessem nas minhas coisas, e o mais importante, que por mais que eu esteja "livre", o melhor lugar é a casa dos meus pais, é pra lá eu que fujo quando não suporto a pressão.
Olhando a imagem no espelho, pude perceber o nível de maturidade que atingi, quantas vezes abri mão de mim, quantas vezes fui ingênua, e quantas vezes pensei em desistir de tudo, e quantas vezes realmente desisti.
Hoje um amigo me chamou de fria, por pensar da forma que penso, o engraçado é eu achar que sou do jeito que sou, exatamente por ser sentimental demais. Não chegamos a um acordo, mas me fez um bem enorme dividir com ele o que normalmente só dividia com esta página.
Em fim, okay, fugi do meu tema central, que são as minhas prioridades. Qual é minha prioridade agora? Nesses ultimos 12 anos eu fui perdendo e construindo, perdendo e construindo, entre lágrimas e risos (alguns forçados), consegui um saldo positivo, as marcas deixadas pelas perdas foram menores do que eu imaginava. Eu gostei muito da imagem nova, acho que estou mais jovem agora e até mais bonita (fato que pode ser comprovado). Acabei por descobri que minha única prioridade agora sou eu mesma. Algo no espelho me propunha, "que tal colocar você no seu devido lugar"? Em primeiro! Abri um sorriso e decidi (não sei por quanto tempo) que vou dar prioridade a única pessoa que me coloca em primeiro lugar, ou seja, eu mesma. (Seria o cúmulo do egoísmo?).
Estou abrindo mão do que não me faz bem, abrindo mão das dúvidas e apostando nas certezas que possuo. Vou transformar minhas fraquezas em minhas maiores armas. E o melhor de tudo isso é que juntamente com a vontade de fazer diferente, pela primeira vez veio junto a noção exata de como fazê-lo.
Portanto anuncio que este blog deixa de ser meu muro das lamentações e passa a ser meu muro de conquistas.
Sou prioridade da minha prioridade. E vou buscar a qualquer custo os meus momentos felizes.




7 Comments:

bob.loco Ah ViDa Eh lOcA mAnO!!! said...

legal seu blog
sucesso pra vc

abraços

http://blogaragem.blogspot.com

Heitor said...

Pretendo, eu, chegar à sua idade - não querendo dizer que você seja velha, apenas, um pouco mais vivida do que eu - e poder me orgulhar de ter passado por tudo o que eu passei e ter esse pique para lutar pelas minhas futuras prioridades. Meus parabéns, você escreve muito bem. E, a propósito, acho que seu amigo deve ter nascido no Deserto do Saara pra fizer que você é fria, porque, pelo que pude perceber, você é uma manteiga derretida. Sem ofenças. Hahaha ;D

http://emcolapso.blogspot.com

Livia Queiroz said...

mto bom o textooo

pow parabéns, vc escreve mtooo beeeeeeem
bjaum

boa noite!

Lidianne Andrade said...

que deprê
fique assim nao
mas verdade seja dita: do nada agente percebe o quanto o tempo passou, nao é?
beijos e amei o texto!

Erich said...

O melhor de tudo lendo seu texto foi perceber que vc teve CORAGEM...

Coragem é o ingrediente principal para uma mudança. Saiba que o mundo NÃO vai mudar, o que muda é a nossa percepção do mundo.

Boa sorte e espero que vc atinja a harmonia plena que com certeza merece.



http://algunstrintaanos.blogspot.com/

Tiago Valiensi said...

E haja comentários aqui hoje, hein?

Abraço do Monocelha!

http://ummonocelha.blogspot.com

Seile Manuele said...

Definir prioridade é uma coisa muito complicada. Às vezes, acabamos por fazer as escolhas erradas e que, nem sempre, nos trazem o retorno esperado...

Ás vezes acredito que, o que importa, realmente, é a coragem. O momento da tomada de decisão. Priorizar ou não alguma coisa é, simplesmente, conseqüência...

É fato que acontece quando não temos mais dúvida, afinal, o espaço da prioridade é pequeno demais para mais alguma coisa!

;)