quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Insônia...

Olha eu aqui novamente, quebrando mais uma promessa feita a mim mesma.
Foi uma noite complicada, passei algumas horas da madrugada, na minha sacada, e alguns minutos na minha cozinha, entre uma lágrima e outra, um suspiro e outro, e leituras e imagens doloridas, tive muito tempo para ficar pensando em tudo que me aconteceu, e que está acontecendo.
Em outra situação eu poderia me considerar feliz, mas meu coração doente me impede de ver a beleza da minha vida.
O que um grão de areia como eu pode fazer ante a um furacão que me "esfrega" na face a sua presença todos os dias??
Eu sei que a culpa é minha, e que, quem procura "acha". Mas os vestígios estão em toda a parte, escancarados e eu não dou conta de afastá-los.
Eu poderia escrever tudo aqui, palavra por palavra, mas hoje aprendi que o "rascunho" é meu melhor amigo.
Insônia, sensação de frustração... esta é a palavra... "frustrada".
Eu não sei qto tempo mais posso viver com isso que está martelando minha mente.
A palavra desistência passa a ser uma constante em minhas reflexões.




"Todos temos passado, mas também temos a escolha de deixá-lo literalmente, no passado"

1 Comment:

Tiago Valiensi said...

"Não desista sem lutar", é o que diz o velho ditado. Sabe que às vezes funciona? Mas às vezes não.
Fato é que o termo "Lutar" implica em coisas negativas, o por isso creio que a palavra "Perseverança" teria uma aplicação melhor aqui.
Você cita o passado como algo a ser deixado para trás, e eu digo que abandonar completamente o passado, é ser perder de si mesmo, não ter referência das próprias atitudes, certas ou erradas.
Passado não deve ser temido, deve ser encarado como ferramenta para a construção de um futuro ideal.
Uma casa é construída iniciando-se pela fundação, e essa construção leva tempo. O "futuro" morador alimenta a ansiedade pela nova morada, mas ao mesmo tempo não gostaria de morar numa obra, em meio a materiais empilhados. Por isso deve esperar, e ao mesmo tempo orientar a construção, para que um dia chame aquele local de Lar.
Dizem que a paciência é uma das grandes virtudes, e garanto que esta virtude é fruto de treino e de perseverança.
Acima de tudo acredite em si mesmo, e terá uma fonte de força inesgotável.
"Há tempo para tudo debaixo do Sol. Tempo de plantar, tempo de colher". Ou algo assim.

O nosso tempo é diferente do tempo de Deus. Mesmo que as coisas pareçam demorar, tenha ciência de que tudo corre de acordo com o plano.

Acredite em você. Eu acredito.