quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Sonhei contigo...


Sonhei contigo esta noite...
Sonho este que me trouxe um aperto no peito...
Uma saudade...
Ah... essa saudade que me rasga a alma...
No meu sonho, eras tão meu.. entregue!
Esses olhos esverdeados me fitando...
Sorriso franco em minha direção,
Braços abertos para mim...
No meu sonho havia escada,
Havia beijos escondidos...
Uma taça de vinho, cochichos apaixonados...
Desafios lançados em olhar silencioso...
Adivinhe o que estou desejando?
Olhar que desnuda meus mais escondidos segredos...
Sonhei contigo esta noite...
Estavas tão belo, com aura clara...
Tão perto estava, que o sentia "meu"!
Sonho tão real, sentia teu cheiro...
Ah... o seu perfume, ainda me inebria...
O cheiro do meu amor jamais me deixou...
Ao acordar, um suspiro, misto de saudade e tristeza...
Por onde anda o meu amor?
Quem recebe os sorrisos que eram meus?
Quem sente o perfume que me enlouquecia?
Finjo não saber... fecho os olhos...
Rezo para voltar a dormir, e acordar no meu sonho...
Onde eras tão e somente meu...
Ah... essa saudade que me rasga a Alma...

1 Comment:

Bruno Matsushita said...

Que lindo, Lua! Está um pouco nostálgico, mas é gritante a sensibilidade do eu poético. Gostei principalmente da parte "Olhar que desnuda meus mais escondidos segredos...".

Beijos e parabéns!